Freak

Ela está chorando faz muito tempo
Frank não vai mesmo voltar
E nós dois sabemos que a culpa é dela
Nada sobrou além do Armagnac pra lembrar
E uma tatuagem desbotada no pescoço
Frank nem lembra que ela existe e mesmo assim
Ela chora por não se despedir, ela está patética
Com toda essa história dramática no filme sem fim
Onde estão as balas infinitas do
Roger Moore
?
Essa ação é mais limpa que seu nariz sujo de pó
Eu me lembro dos seus ataques com doces
Você se perdeu de si mesma e não vai se achar
Acabou como Frank disse que ia acabar
Agora ela é uma Freak entregue ao álcool
Molhando de lágrimas o chão do bar
Procurando caminho em vão, pra não tentar voltar”

Você só precisa achar
A paz perdida nas doses de Sex On The Beach
E a velha porta do seu lugar
E perceber que Frank não vai mesmo voltar
Não há do que se arrepender
Nem o que concertar
Acabou como Frank disse que ia acabar
Agora ela é uma Freak entregue ao álcool
Molhando de lágrimas o chão do bar
Procurando caminho em vão, pra não tentar voltar
Procurando caminho em vão pra tentar voltar
®Todos direitos reservados. Autor W.I.S ™

12 Response to "Freak"

  1. jennydias Says:

    que foda! adorei!

  2. India Tiwatã Says:

    kkkkk, Boa essa!!
    bju!!

  3. Max Psycho Says:

    interessante, mas acho que ela é mais feliz como freak com o alcool do que com o Frank

  4. Natália Says:

    Que tanto chororo. Beijos

  5. Silvio Koerich Says:

    Rss chororo.

    Esse max psycho toscão prefere a freak?

    Pelo amor de deus.

  6. Daniela Filipini Says:

    Muito boa, adoreei!

  7. Valdeir Almeida Says:

    Felicidade alcoolizada (rs).

  8. Calem-se Dedos ! Says:

    nooFFa'
    muuuito boa :D

    beeijos :*

  9. Daniel Savio Says:

    Amor sempre deixa marcas, pelo jeito, marcas demais (imagina o fim dele)...

    Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

    Para E. Suruba,
    Oh menina, estivo maniaco depressivo só funciona comigo, é parte de conviver com a tristeza que eu tenho...

    Então menina, se prenda na parte sem parentes: "quando a tua vida se tornar tão pesada a ponto de chega a involuir a planos de solidão, de estrangular o teu coração por tristeza, só resta lutar por algo seja melhor na tua vida (mesmo que seja bater a cabeça na porta dizendo que a culpa foi sua)"...

    Fiquen com Deus, menino Atreyu, menina E. Suruba e menina Doroti.
    Um abraço.

  10. Danny Doo® Says:

    Frank não te merece tolinha! kkkkk

  11. Paulo Tamburro Says:

    Um Feliz Natal!!!!!!

    Na oportunidade estou convidando você para conhecer meu blog de humor,"HUMOR EM TEXTO".

    É de graça!

    Um abração carioca.

  12. Liz Says:

    Oi!
    Eu sei sobre o que é a história, mas só li o primeiro volume do mangá. =(

    Beijos!